Como é que a CASAFARI apoia a habitação sustentável em toda a Europa

Share
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Mariana mudou-se recentemente para Lisboa para trabalhar. Ela tem procurado incansavelmente um apartamento para viver, mas não tem sido tarefa fácil. Não só as filas para visitar os apartamentos estão a consumir-lhe preciosas horas, como a burocracia que ela precisa de apresentar a cada proprietário é enorme. Uma vez que ela tem tudo pronto o processo é agilizado, mas normalmente descobre que é candidata a essa habitação com mais 200 pessoas. Sim, para um único apartamento.

E este não é o único problema que Mariana está a enfrentar. Com tão poucos imóveis disponíveis e tantas pessoas à sua procura, os proprietários cobram valores desmedidos, fazendo disparar os preços de aluguer. Ao ponto de começar a questionar-se se o seu salário será suficiente para viver uma vida equilibrada.

Claro que a Mariana poderia procurar habitação fora do centro da cidade, onde ter um telhado sobre a cabeça é mais acessível, mas isso significa acrescentar bastante tempo ao seu deslocamento diário.

Para completar, quando finalmente alguém a escolheu como inquilina, Mariana descobriu que o apartamento estava de facto a ser subalugado. A inquilina atual terá um período sabático e quer manter o apartamento, pelo que decidiu subalugar sem que o proprietário soubesse. Isto significa que Mariana terá de decidir se está disposta a viver numa boa casa, confiando apenas na palavra desta pessoa desconhecida. Concluindo, e como seria de esperar, ela não se sente segura sem um contrato de arrendamento adequado.

A situação da Mariana diz-lhe alguma coisa? Ela está a enfrentar dificuldades como:

  • Falta de stock para aluguer a longo prazo
  • Aumento dos preços de aluguer, em inconformidade com o salário médio dos habitantes locais
  • Falta de fiabilidade num contrato de arrendamento
  • Incumprimento dos regulamentos

Os pontos de dor de Mariana são comuns a quem procura casa nas grandes cidades da Europa. Muitas propriedades foram transformadas em alugueres a curto prazo, destinadas a turistas, enquanto o fluxo de pessoas que vêm trabalhar e viver é tão constante como sempre. 

Todos sabemos as vantagens de alguém como a Mariana poder viver perto dos centros das cidades. Beneficiam de deslocações mais curtas, melhores centros educativos, uma oferta de emprego mais ampla. Além de que podem desfrutar de todas as atividades culturais que o local tem para oferecer. Na verdade, podem viver num lugar que gostariam, em vez de escolher a casa pela qual podem pagar.

Por outras palavras, todas as pessoas que estão no lugar da Mariana ganhariam qualidade de vida se enfrentassem um ambiente mais amigável quando se trata de escolher onde viver.

Para que isso acontecesse, algo (ou muitas coisas!) precisava de mudar no mercado imobiliário da Europa. E é para isso que estamos aqui. Falemos de todas as formas como a CASAFARI dá poder às comunidades locais e organiza o mercado!

CASAFARI Portfolio Solutions e o regresso das comunidades locais aos centros das cidades 

Como falámos anteriormente no nosso artigo sobre a “Integralidade do mercado imobiliário”, a CASAFARI ajuda fundos imobiliários construindo portfólios SFR rentáveis de uma forma nunca antes vista e escalável. 

Basicamente, investimos à escala para os nossos clientes numa situação em que todos ganham. Do ponto de vista do investidor, ele obtêm as melhores oportunidades no mercado imobiliário, aquelas que irão assegurar o ROI desejado.

Quanto à sociedade, ao desbloquear o stock do mercado, também devolvemos habitações acessíveis a locais que se têm mantido exclusivamente turísticos, caracterizados por alugueres a curto prazo. Ao proporcionar alugueres de longo prazo a um preço razoável, estes investimentos trazem as comunidades locais de volta aos centros das cidades. Desta forma, quem vive mais perto do trabalho, enfrenta deslocações mais curtas e têm uma maior qualidade de vida.

Também do ponto de vista ambiental, há benefícios. Quando construímos um portfólio destes, a CASAFARI pode assegurar-se de que os nossos investidores obtêm imóveis com melhor eficiência energética, o que significa um menor impacto ambiental.

Reforço da proteção dos consumidores no mercado imobiliário: Os dados CASAFARI trazem transparência e profissionalismo

Neste momento, provavelmente já sabe que as nossas ferramentas atenuam assimetrias de informação no mercado imobiliário, tanto para aluguer como para venda, certo?

Fazemo-lo assegurando a exatidão dos dados, pelo que nenhum profissional do ramo imobiliário tem de trabalhar com dados desatualizados, confusos ou duplicados. Fazemo-lo também trazendo igualdade de acesso a toda a informação disponível num mercado. Desta forma, um consultor imobiliário não precisa de procurar em milhares de fontes diferentes para identificar tendências, controlar a sua carteira e encontrar as propriedades ideais para os seus clientes.

Por último, mas não menos importante, fazemo-lo assegurando-nos de que a informação do mercado é transparente.

Como? Com os nossos produtos, permitimos que os profissionais do mercado imobiliário tomem decisões orientadas por dados realistas, tais como quanto deve ser cobrado por um imóvel, tanto para venda como para aluguer. Estes são os profissionais que aconselham tanto os inquilinos como os proprietários, pelo que podem oferecer uma visão real e limpa do mercado a ambas as partes.

Quando todos os envolvidos no processo de arrendamento de uma casa estão plenamente conscientes da realidade do mercado, cada vez mais negócios são fechados tendo isso em conta. No final, os dados da CASAFARI ajudam a normalizar os preços entre os imóveis em cada mercado, o que pressiona para uma renda acessível nas grandes cidades europeias.

Ao capacitar os consultores imobiliários, profissionalizamos também um mercado fragmentado onde normalmente os proprietários privados são os próprios gestores imobiliários, sem conhecimentos profissionais, ferramentas e conformidade. Estes agentes alteram as relações entre proprietários e inquilinos, frequentemente marcadas por práticas abusivas, para uma relação mais profissional e previsível.

Quando inquilinos e proprietários sabem quais são os seus direitos e responsabilidades num negócio de arrendamento e tudo é conduzido de acordo com os regulamentos, terão de fazer a sua parte para honrar o contrato. Desta forma, a proteção do consumidor é colocada em primeiro lugar, forçando os proprietários privados a respeitar as normas estabelecidas por lei.

Resumindo, mudar para melhor o mercado imobiliário é o nosso lema porque traz vantagens para todos os que por ele são tocados. Os profissionais imobiliários podem trabalhar de forma mais eficiente, os proprietários podem acelerar os seus negócios e os inquilinos têm uma forma mais segura de encontrar uma casa na Europa.

Imagem em destaque por Kaitlyn Baker em Unsplash

Daily, we track 180.000+ property changes in Spain, Portugal, France, etc.

Be the first one to know about price changes, new and sold listings.
real estate investors

Proptech para o Investidor Imobiliário

Há alguns anos atrás, antes de ser criado o conceito de Proptech, Marc decidiu investir em propriedade espanhola. Um homem de negócios por natureza, abordou este esforço