10 passos para vender uma casa: um guia preparatório para agentes

Casa pronta para a venda
Share

Embora possa já ter clientes que são qualificados na venda de casas, muitos proprietários precisam de orientação dos seus consultores imobiliários para saberem onde começar a preparação de uma casa para venda. Portanto, aqui estão 10 passos simples que podem vender uma casa mais rapidamente.

1. Reparar o que precisa de reparação

Fazer algumas reparações pela casa pode ajudar a causar uma melhor impressão nos visitantes e, portanto, aumentar o preço de venda.

Aconselhe os seus clientes a reparar portas que estejam a ranger ou portas de armário que estejam soltas, substituir um azulejo partido ou um pedaço de chão. A reparação de aparelhos de cozinha avariados é também algo a ser feito, uma vez que podem ser caros e nenhum comprador quer preocupações extra ao entrar na sua nova casa. 

Quando se trata de arranjos mais profundos, é uma boa ideia pintar as paredes para remover tinta descascada ou manchas do uso diário. Devem mudar a canalização onde está em mau estado (lembre-se que os visitantes podem querer testá-la!), arranjar torneiras a pingar ou reboco defeituoso, se for o caso.

Preste atenção também ao que está fora de casa: janelas que ficam presas ou com vidros rachados, telhas em falta no telhado e um jardim que já viu dias melhores. Instrua-os a cuidar de tudo, porque estes pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença na forma como a propriedade é vista.

Em geral, as pessoas querem comprar uma propriedade que esteja em bom estado e pronta para viver. Normalmente não querem gastar tempo e ainda mais dinheiro antes de entrar na sua nova casa para a preparar. Deixar arranjos para o próximo proprietário pode afastar potenciais compradores, bem como fazer com que aqueles que estão dispostos a comprar negociem para baixar o preço (uma vez que vão gastar dinheiro com melhoramentos).

Além disso, deixar os potenciais compradores de casas verem os arranjos necessários faz com que a sua casa pareça descuidada, o que os leva a temer que haja problemas piores (como os estruturais) para lidar.

2. Despersonalizar e destacar os pontos fortes para a venda casa

A casa do seu cliente provavelmente parece exatamente o que é: a sua casa. Assim, um dos principais passos para preparar uma casa para venda é remover qualquer coisa que marque a sua personalidade ou que ligue a propriedade a eles, como fotos de família, brinquedos para crianças ou camas para os seus animais de estimação.

Se o seu cliente quiser que o local seja vendido mais rapidamente e estiver disposto a investir um pouco para que o imóvel apareça no seu melhor para potenciais compradores, deve definitivamente procurar um profissional para fazer alguma encenação da casa, o chamado home staging. Esta é uma estratégia de marketing que motiva os potenciais compradores a comprar as casas que estão a visitar, melhorando a aparência e a organização da propriedade, ao mesmo tempo que faz brilhar as áreas mais desejáveis da casa e captar a atenção que merecem.

E, no caso de não estarem dispostos a pagar pelo serviço, podem (com a sua ajuda ou não) aplicar por si próprios alguns princípios de preparação da casa!

3. Organizar e destralhar

Reduzir a quantidade de decorações, roupas e bibelots é algo em que os seus clientes devem definitivamente pensar se querem reduzir o “ruído” visual causado pela exibição de demasiados objetos. Uma casa não organizada ou que esteja a transbordar de objetos pode atrair a atenção indesejada para a desorganização, quando na realidade se quer realmente que eles olhem para detalhes que foram cuidadosamente escolhidos.

Além disso, informe também o seu cliente que os compradores de casas irão provavelmente procurar dentro de roupeiros, armários de arrumação e de cozinha para verificar se o espaço de armazenamento é suficientemente bom e se corresponde às suas necessidades. Assim, nas suas ações de preparação para vender uma casa, o seu plano deve incluir a organização do interior destes espaços, para que os potenciais compradores não interpretem a abundância de artigos pessoais como se a casa não oferecesse espaço suficiente para os guardar.

4. Preste atenção à iluminação

Passo seguinte: trocar as lâmpadas queimadas ou intermitentes e adicioná-las aos pontos de iluminação da casa que não estavam a ser utilizados. Porquê? Porque um lugar escuro dá a impressão de ser mais pequeno e mais frio, como uma caverna.Para fazer justiça aos bens do seu cliente, deve estar bem iluminado, para que os quartos pareçam mais largos e acolhedores. Uma boa iluminação pode mesmo realçar a bela mobília, o chão espantoso e outras características que tornam a sua casa tão especial.

Staged house for sale
Foto por Dan Gold em Unsplash

5. Obter um certificado de desempenho energético

Este documento é obrigatório na UE para que possa arrendar ou vender uma casa. Por isso, temos a certeza que tem isto listado como um dos passos para a preparação da venda de casa.

Mas uma informação relevante para que possa dar aos seus clientes é sobre a importância de fazer pequenos arranjos antes da avaliação da propriedade. Como pode verificar no nosso artigo sobre certificados energéticos, mesmo pequenas alterações podem afetar a forma como o imóvel é classificado em termos energéticos e torná-lo mais atrativo para potenciais compradores. 

Esta é uma parte importante da venda do imóvel, uma vez que os futuros proprietários não querem preocupar-se com o conforto térmico dentro da sua nova casa ou ser surpreendidos por contas de electricidade caras que continuam a aumentar. Assim, fornecer-lhes um documento que prove que o local foi preparado para viverem a sua melhor vida é sempre importante.

6. Fazer uma avaliação do imóvel para atingir o preço ideal

Agora que o imóvel está pronto para ser mostrado, esta é a parte da preparação para vender uma casa que mais depende de si. Como dissemos anteriormente, no nosso artigo sobre como uma análise adequada do mercado ajuda a vender mais, um imóvel bem cotado atrai mais visitantes e vende mais rapidamente porque está de acordo com a realidade do mercado e com as expectativas dos potenciais compradores.

Assim, faça login no CASAFARI e inicie a sua Análise Comparativa de Mercado para seleccionar até 30 propriedades comparáveis, com características semelhantes e localizadas na mesma área. Desta forma, saberá exatamente quanto vale um imóvel como o do seu cliente nesse mercado em particular.

Também pode recorrer à Market Analytics para verificar os movimentos do mercado, a fim de compreender o que está a influenciar o preço pedido da casa. Mostrar-lhe-á como é o stock do mercado para este tipo de propriedade, aumentos e diminuições nos preços, o tempo que normalmente passam no mercado e muito mais.

7. Tirar fotografias profissionais do imóvel

Embora contratar um fotógrafo profissional fosse a melhor opção, os seus clientes podem não concordar em gastar este orçamento extra. E a verdade é que não precisa realmente de um profissional para obter fotografias de grande qualidade.

Já falámos sobre como melhorar a sua fotografia imobiliária para garantir que as suas imagens transmitem a sensação que pretendia. Quer que a propriedade seja retratada como ampla, bem iluminada, acolhedora, bem cuidada, uma verdadeira candidata à compra. Siga estas dicas ou envie-as ao seu cliente para que possam produzir, em colaboração, as imagens que farão com que qualquer potencial comprador se sinta atraído por esta casa.

Finalmente, lembre-se que qualquer ajuda visual é importante, especialmente para compradores que possam não poder visitar a propriedade. Assim, crie visitas virtuais, adicione o plano dos apartamentos, crie vídeos ou qualquer outro recurso que possa aproximar os compradores interessados do lugar do seu cliente.

8. Criar a melhor descrição para vender a casa

E, claro, não há fotos publicadas da casa sem uma descrição adequada! Uma descrição completa deveria:

  • Mostrar as informações básicas sobre o imóvel
  • Explicar mais sobre o local e os seus arredores
  • Informar sobre a iluminação, o conforto térmico e o certificado energético
  • Trazer informações sobre as instalações em condomínio ou edifício (em caso ou apartamentos)
  • Destacar características que se enquadram no perfil dos potenciais compradores

Deve ser tentador captar a atenção do comprador para saber mais sobre o local. Verifique no nosso artigo as melhores práticas para escrever uma descrição cativante da listagem imobiliária.

9. Limpar a casa até ficar impecável

Se quiser impressionar os potenciais compradores, eles precisam de se sentir em casa quando os visitam, certo? E ninguém se sente à vontade num lugar sujo. Portanto, prepare o imóvel também neste sentido: diga aos seus clientes para a limparem o melhor possível ou providencie os contactos para um serviço de limpeza profissional em que confie.

É importante não esquecer os detalhes: dentro das casas de banho, dos armários e até mesmo dentro do frigorífico! Aqueles que estão realmente interessados em comprar abrirão mesmo o frigorífico para verificar se há espaço suficiente para as necessidades da sua família, para garantir que a primeira impressão é a melhor possível.

10. Convide alguns visitantes

Tudo pronto? Está na hora de receber os visitantes! Uma das nossas sugestões é acolher eventos que reúnam possíveis visitantes, apresentando-lhes a alegria que é passar tempo dentro desta propriedade e mostrando-lhes como ela está preparada para entreter.

Mas, mesmo que opte por visitantes individuais, lembre-se de destacar todo o bom trabalho que foi feito tanto por si como pelo seu cliente: a iluminação, a eficiência energética, o preço realista, a quantidade de espaço de armazenamento, as boas condições e muito mais!

Está preparado para a venda de casas? Partilhe este artigo com os seus clientes para elaborar um plano de ação, alinhar prazos e responsabilidades e tirar este imóvel do mercado num piscar de olhos!

Foto de James McCreddie em Unsplash

Daily, we track 180.000+ property changes in Spain, Portugal, France, etc.

Be the first one to know about price changes, new and sold listings.