Como a Vanguard Properties beneficia do uso da CASAFARI?

Share

A estreita relação entre a CASAFARI e a Vanguard Properties deu-se em maio de 2020, ano em que a empresa –  hoje em dia, o maior promotor imobiliário a operar em Portugal – desenhou uma nova estratégia. O objetivo? “Recorrer (mais) à tecnologia, visando “potenciar a sustentabilidade”, bem como “desenvolver mais o lifestyle”. 

Daí para a frente, incontáveis horas de pesquisa (online e não só) foram poupadas. A CASAFARI, ao agregar uma série de produtos úteis aos profissionais, numa só solução imobiliária, deu à equipa da Vanguard Properties tempo precioso para aplicar nos próximos investimentos e estratégias. 

José Cardoso Botelho, nome incontornável do imobiliário em Portugal, fala-nos sobre como a empresa tem uma visão mais completa do mercado, controla o seu portefólio e usa os produtos CASAFARI, desde há dois anos para cá. 

Pesquisa de Propriedades e Controlo de Portefólio

“A pesquisa de propriedades para possíveis investimentos” é um incontornável e indispensável produto da CASAFARI, para equipa da Vanguard Properties, desde o dia 1.  Esta ferramenta é essencial, não só para se estar a par do que o é stock do mercado, através de consultas diárias e alertas, como para acompanhar possíveis aquisições.

São mais de 30 mil fontes de dados e 200 milhões de listagens de imóveis que a CASAFARI agrega para que, através desta tecnologia de dados escaláveis, clientes como a Vanguard possam ter a visão mais completa do mercado imobiliário em que atuam. Por isso, este é, naturalmente, um dos pontos-chave mais valorizados.

Como é de esperar, nem só de pesquisa de propriedades se faz o negócio. Também o controlo do portefólio está na ordem do dia para a Vanguard: “identificar a forma como as  agências e players comunicam os nossos projetos, e mesmo avaliar aqueles que estão a ser realizados (in)devidamente”, como descreve José Botelho. 

Este acompanhamento próximo dos projetos permite que haja um controlo, em tempo real, daquilo que são as boas práticas da empresa, que se rege por rigorosos controlos de qualidade, tendo em conta de que estamos a falar de empreendimentos e projetos imobiliários de alto luxo.

Uma poderosa Análise Comparativa de Mercado 

A par de uma pesquisa de propriedades completa e um controlo de portfólio fidedigno, também a Análise Comparativa de Mercado da CASAFARI arrecadou elogios do maior promotor imobiliário em Portugal. 

“A CASAFARI ajudou-nos, consideravelmente, a otimizar o nosso trabalho”, reforça José Botelho. Com acesso à maior base de dados comparáveis do mercado, de venda e arrendamento, para todas as classes de ativos, a Vanguard Properties pode ter total visibilidade do mercado em tempo real. 

Daí que um relatório de Análise Comparativa de Mercado, extraído através da CASAFARI, reúna automaticamente os elementos de comparação mais precisos, de acordo com as mais variadas características, que ajudam a avaliar qualquer tipo de ativo (sejam apartamentos, casas, comerciais, retalhistas ou industriais).

Agilidade nas decisões e curiosidade pelo mercado imobiliário

Da rápida aquisição à monetização, a gestão de tempo é um fator essencial para o investimento e a Vanguard Properties domina-o como poucos. “Não haverá um segredo, mas um conjunto de situações que fazem a diferença”, começa por explicar José Botelho.
“Elevada capacidade económica e financeira do grupo, rápido e ágil processo de decisão, conhecimento amplo do mercado e forte network, junto dos mais relevantes stakeholders de mercado” são alguns dos pontos-chave que o gestor aponta como potenciadores desta agilidade. 

“Somos uma empresa de gestão própria que cobre todo o espectro da atividade, facilitando o processo de decisão, totalizando a equipa cerca de 54 colaboradores que recebem formação de forma contínua e que são incentivados a tomar riscos e a empreender ideias”. Além disso, José Botelho destaca uma “forte aposta na tecnologia” e a decisão de “criar um departamento interno de vendas que permitiu aprender muito com os clientes finais”.

Como nem só de gestão pura e dura se faz o negócio, Botelho dá o exemplo da curiosidade como um motor para alavancar a contínua paixão pelo mercado imobiliário. “Costumo dizer aos meus colaboradores que quanto mais sei, mais dúvidas tenho. Tenho este lema permanentemente vincado na minha mente. Tento aprender todos os dias, lendo muito, ouvindo um grande número de pessoas interessantes e de várias áreas, bem como escutando alguns órgãos de comunicação relevantes”, reforça o gestor. 

Dinâmicas do presente e do futuro do cliente imobiliário na visão da Vanguard Properties

Olhando o presente e antevendo dinâmicas, para a Vanguard, Portugal (nos últimos anos) “tem atraído uma clientela bastante diversificada em termos de nacionalidade”. 

“Hoje, os norte-americanos têm elevada relevância e mantém-se a procura por parte de europeus (Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Suécia e Finlândia), bem como de clientes oriundos da África do Sul, Angola, Turquia, México, entre outros países.

Ao contrário do passado, atualmente atraímos famílias jovens que querem aqui viver e educar os filhos – daí a importância do crescimento do número de escolas internacionais e  de qualidade. Procuram essencialmente qualidade de vida (clima, pessoas, ambiente), segurança e um pacote fiscal atrativo”, descreve o gestor.  

A pandemia intensificou a procura por ativos fora das grandes urbes. “Nas cidades, são procuradas unidades com mais e melhores zonas comuns, janelas de maior dimensão e jardins. Idealmente, embora a oferta seja ainda reduzida, espaços de trabalho no interior dos próprios edifícios, como conseguimos desenhar no nosso projeto, Infinity”.

E estes negócios, como se concretizam? Será a distância física dos investidores um fator que pese? Para José Botelho, “depende se falamos de unidades existentes, a construir ou em construção”. “Nas construídas, a venda online é mais complexa, pois normalmente o cliente aprecia ver com os seus próprios olhos o estado e as condições do ativo. No caso da venda de bem futuro, o online funciona bastante bem, pois na verdade, à parte do terreno, numa primeira fase, não há grande coisa a ver localmente”, esclarece. 

Potenciando o melhor do digital para contornar a presença física, o gestor da Vanguard aconselha a “existência de uma boa brochura digital, excelentes vídeos de apresentação, 3Ds realistas e, claro, bom site corporativo”. Criando estas condições, “ajuda na conclusão das vendas à distância”, reforça Botelho, dando como exemplo da Vanguard Properties “a maioria das vendas das quintas, no Muda Reserve, realizadas sem qualquer visita”. 

Balanço “altamente positivo” dos últimos 5 anos 

O ano de 2017 marca a entrada da Vanguard Properties em Portugal, depois de Claude Berda (atual acionista da Vanguard) conhecer o experiente gestor José Botelho. O balanço? “É altamente positivo”.

“Lográmos criar uma marca de alto impacto e reconhecida, líder de mercado nos segmentos premium e de luxo, tendo sido, talvez, o maior grupo de promoção nacional, começando do zero. Desenvolvemos inúmeras iniciativas de promoção na área da cultura, arte, desporto e saúde que muito nos honra, criando um grupo empresarial não só integrado como integrador”, descreve José Botelho.

Daily, we track 180.000+ property changes in Spain, Portugal, France, etc.

Be the first one to know about price changes, new and sold listings.
Cozinha de uma casa à venda

5 Dicas fundamentais para o consultor imobiliário

Procurar imóveis, manter-se a par do mercado imobiliário, programar visualizações, gerir contratos… um consultor imobiliário tem muito trabalho a fazer. Por isso, aqui estão algumas dicas práticas